Em Portugal, a sinistralidade rodoviária é um facto! É um problema social sério, com dimensões preocupantes e que justifica, por parte da sociedade, um investimento e um esforço na alteração de hábitos e na melhoria efetiva da qualidade de vida dos cidadãos. A escola é, por excelência, o lugar onde o conhecimento e a mudança de comportamentos acontecem. É onde ocorre a formação da pessoa e do cidadão.

Duas turmas do AEPBS participam no Concurso “Educação Rodoviária com ênfase na Segurança dos Peões” promovidos pela Direção-Geral de Educação (DGE), pela Agência Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional (ANQEP. I.P.) e Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). Desde o segundo período que as turmas vão realizando os trabalhos e, neste momento, uma das turmas está a promover um abaixo-assinado que será depois entregue, formalmente, ao Sr. Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, ao Sr. Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão e ao Sr. Presidente da Junta da Freguesia de Joane a solicitar a instalação de passeios e passadeiras entre as escolas Bernardino Machado e Benjamim Salgado.

Aqui fica, a transcrição, do abaixo-assinado “Pela Segurança dos alunos do AEPBS”:

Somos a turma I, do 5.º ano, da Escola Bernardino Machado do AEPBS – Joane, realizamos este abaixo-assinado juntamente com alunos deste agrupamento e deparamo-nos com a inexistência de passeios para os peões na Rua da Liberdade e vimos, por este meio, apresentar a Vossa Excelência a nossa grande preocupação relativamente a:

  1. a inexistência de passeios na Rua da Liberdade;
  2. ausência de passadeiras na Rua da Liberdade;
  3. ausência de sinalização vertical a comunicar a aproximação de escolas.

Por isso, e tendo em consideração que:

  1. a igualdade de oportunidades no que toca a medidas de segurança rodoviária deve ser assegurada em todas as escolas do Município;
  2. a segurança dos alunos é vital pois os Pais e Encarregados de Educação confiam na Escola Pública;
  3. as estatísticas da sinistralidade rodoviária, nomeadamente no distrito de Braga sendo considerado como um dos distritos com maiores números de sinistrados do país. Tal como diz o ditado popular “Tantas vezes vai o cântaro à fonte, que um dia lá fica!” qo melhor é prevenir futuros acidentes;
  4. as causas dos acidentes são variadas, mas sabemos que os acidentes não acontecem por acidente!

Este abaixo-assinado pode ser subscrito durante os intervalos das aulas até ao final do dia 21 de maio de 2019.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para comemorar o Dia da Mãe, o Jardim de Infância da EB de Joane convidou as Mães a partilhar algum do seu tempo com os seus filhos no Jardim.

O dia iniciou com a chegada das mães, expectantes e curiosas, sobre o que iriam fazer… depressa meteram “mãos ao trabalho” utilizando a diversidade de material que tinham à sua disposição.

A imaginação foi a protagonista e os trabalhos começaram a surgir. Com os trabalhos elaborados pelas mães e filhos será construído um mural para decorar o espaço do Jardim de Infância.

Registaram-se momentos de convívio entre mães e filhos, partilha de ideias e muita alegria.

No final foi entregue às mães um certificado de presença pela participação na atividade, a quem agradecemos a participação e disponibilidade.

 

 

 

 

 

As campanhas de sensibilização servem para divulgar ideias e promover comportamentos. Mas sem mudanças, a campanha não será eficaz. Por isso mesmo, a Escola Básica de Pousada de Saramagos passou “das palavras às ações”.

A partir de agora, esta escola tem um bebedouro no seu espaço exterior, para reduzir o desperdício de água, enquanto os alunos “matam a sede”.

Para além da sensibilização junto dos alunos, no âmbito do projeto Eco Escolas, a escola envolveu a Junta de Freguesia nesta campanha de poupança e redução do desperdício, tendo esta colocado um bebedouro na escola, servido pela rede pública de água.

Este foi um pequeno gesto a que os alunos aderiram com entusiasmo, acabando com as poças de água nas casas de banho e as torneiras a pingar.

A água da rede pública é garantia de qualidade e o planeta agradece.

 

 

 

 

 

 

No passado dia 24 de abril, o Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado acolheu a fase da região Norte do concurso La Chanson en Scène (VII edição), da Associação Portuguesa de Professores de Francês (APPF).

O evento contou com a participação de duas equipas do Agrupamento, uma constituída por alunos do ensino secundário, da OLE (Oficina de Leituras Encenadas) / Oficina Ler Jovem 14‑20, “troupe Les Diaboliques” e outra do clube de Francês Iniciação, do segundo ciclo, “troupe Les Petits Comédiens de Joane”, ambas encenadas pela professora Helena Guimarães, coordenadora de ambos os projetos.

A atividade decorreu no anfiteatro da sede do Agrupamento (ESPBS) e contou com a presença de mais de oitenta elementos da comunidade educativa, tendo sido acompanhada e apoiada pelo Sr. Diretor do Agrupamento, Dr. José Alfredo Mendes, a secretária geral da APPF, Dra. Fernanda António, a Diretora da Alliance Française de Guimarães e de Braga, Dra. Alexandra Gonçalves, e o dramaturgo, encenador e ator, da Nova Comédia Bracarense, Dr. José Manuel Barros, tendo estes três últimos integrado o júri do concurso. O evento foi igualmente apoiado pela Coordenação da EB Bernardino Machado, pelo Curso Profissional de Técnico de Multimédia, em particular pelos professores Susana Achando e Sandro Alves, pelo professor Rui Maciel, enquanto colaborador da OLE/Oficina Ler Jovem 14-20, pelos alunos da OLE/Oficina Ler Jovem 14-20 que não integraram o elenco da “troupe” vencedora e pelos assistentes operacionais da ESPBS.

Acresce que os momentos culturais foram abrilhantados por alunos da OLE e da Secção Europeia de Língua Francesa (SELF).

Após difícil e acurada ponderação, o júri sagrou como equipa vencedora o grupo da OLE, que irá representar a região Norte na fase final agendada para 22 de maio, no Auditório Camões, em Lisboa, contando para tal com o apoio da autarquia no tocante à deslocação dos alunos e professores.

 

 

 

 

 

No passado dia 29 de abril, a Coordenadora do Plano Nacional de Leitura, responsável pelo projeto Movimento 14-20 a ler, Dra. Anabela Caldeira, deslocou-se à sede do Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado a fim de contactar com os alunos protagonistas daquele projeto, implementado na Agrupamento, sob a designação “Oficina Ler Jovem 14-20”, que integra os alunos da OLE Secundária. Assim, teve oportunidade de assistir a ensaios parciais da peça de teatro que será apresentada no âmbito da Mostra de Teatro Escolar de V. N. de Famalicão e das comemorações do Dia Internacional dos Museus, no dia 17 de maio, no Centro de Estudos Camilianos, uma das entidades parceiras do projeto.

Da parte da manhã, a equipa responsável pelo projeto (professores Helena Guimarães e Sandro Alves) acompanharam-na ao Centro de Estudos Camilianos, onde houve oportunidade para visitar o espaço e levar a cabo uma reunião informal com a Dra. Elzira Queiroga, responsável pelo Serviço Educativo da Casa de Camilo, e com o Diretor da Casa de Camilo, Dr. José Manuel de Oliveira.

Do diálogo com os alunos e das restantes atividades, ficou a ideia de entusiasmo, energia, empenho, responsabilidade, paixão e convicção associadas à forma como este projeto do PNL tem sido apropriado pelos alunos e pelos professores do Agrupamento, proativamente envolvidos no mesmo.

 

 

 

 

 

Escola Saudável - nível intermédio

Apresentação do AEPBS